quarta-feira, 22 de março de 2017

Fotos: Lançamento 20 relatos insólitos de Porto Alegre

     No dia 21 de março aconteceu o lançamento do livro 20 relatos insólitos de Porto Alegre do autor Rafael Guimaraens, o evento fez parte do calendário oficial da Semana de Porto Alegre, veja como foi:


Fotos Marco Nedeff:


















Rafael Guimaraens no Sarau da Alice

       A Libretos participa na quinta-feira, dia 23 de março, a partir das 19h30, do SARAU AMIGOS DA ALICE.

Rafael Guimaraens estará autografando "20 Relatos Insólitos de Porto Alegre".


Acontece no Clube de Cultura (na Ramiro Barcellos, 1853), a partir das 19h30. Dentro do Sarau, que traz o Batuque de Cordas, Rafael Guimaraens estará autografando "20 Relatos Insólitos de Porto Alegre". Parte da venda dos livros será reinvestida em projetos sociais da Alice.


terça-feira, 21 de março de 2017

Nos jornais: 20 relatos insólitos de Porto Alegre

    Matérias do Jornal do comércio e do Metro sobre o lançamento do livro 20 relatos insólitos de Porto Alegre, do autor Rafael Guimaraens, que acontecerá hoje (21/03):

Jornal do Comércio 20/03/2017 - Clique na imagem para ampliar

Metro 21/03/2017 - Clique na imagem para ampliar

segunda-feira, 20 de março de 2017

No Culturíssima: lançamento do livro 20 relatos insólitos de Porto Alegre

     Matéria sobre o lançamento do livro 20 relatos insólitos de Porto Alegre que saiu no dia 18 de março no Culturíssima, vejam:

    Rafael Guimaraens lança ’20 Relatos Insólitos de Porto Alegre’

     Em 1905, inconsolável após a morte de seu marido, o político Júlio de Castilhos, a viúva Honorina suicidou-se com um fogareiro, na antiga residência da família, onde hoje funciona o Museu Júlio de Castilhos, no Centro Histórico da capital gaúcha. Estas e outras histórias, quase lendas, estão no novo livro do escritor e jornalista Rafael Guimaraens, 20 Relatos Insólitos de Porto Alegre (Libretos Editora), que chega nas livrarias nesta segunda quinzena de março.

     A publicação é resultado de uma pesquisa histórica de mais de uma década. O autor, que possui uma extensa obra dedicada à memória da cidade, selecionou vinte histórias que ocorreram na capital gaúcha entre o final do século 19 e início do 20. Rafael conta que uma das suas principais motivações foi a possibilidade de exercitar uma narrativa mais curta e ágil, mas, ao mesmo tempo, que apresentasse os elementos da trama e os personagens de forma consistente para envolver o leitor.


     As narrativas misturam drama, romance, tragédia, memória, jornalismo e teatro, envolvendo personagens reais e cenários, incluindo locais que hoje não existem mais. Além da história da viúva de Júlio de Castilhos, 20 Relatos Insólitos de Porto Alegre traz outras histórias, como o dramático caso de amor entre o compositor erudito José de Araújo Vianna e a cantora e pianista Olinta Braga, como o surgimento da mística em torno da moça assassinada que virou  a santa popular conhecida por Maria Degolada e até a espetacular fuga da Ilha do Presídio a bordo de duas panelas.

     “O que une estas histórias tão diferentes entre si é a estranheza que provocam. Também tive o cuidado de não estabelecer juízos morais sobre os comportamentos dos vários personagens, mesmo que ajam muitas vezes nas fronteiras da ética”, pondera Guimaraens, que é autor de 15 livros, entre eles os premiado Tragédia da Rua da Praia (2006), A Enchente de 41 (2008) e Teatro de Arena – Palco de Resistência (2009). No final de 2015, publicamo uma grande entrevista com Rafael. Relembre aqui.

Lançamento 21/03
Nesta terça-feira (21), às 19h, no Teatro Renascença, Rafael Guimaraens e Ivette Brandalise conversam sobre o tema “A história de um escritor catador de histórias”. Logo após, a partir das 20h, no saguão, tem sessão de autógrafos do livro 20 Relatos Insólitos de Porto Alegre. O evento tem entrada franca e integra a programação da 245ª Semana de Porto Alegre.


Link para a matéria original: http://culturissima.com.br/literatura/rafael-guimaraens-lanca-20-relatos-insolitos-de-porto-alegre/

sexta-feira, 17 de março de 2017

Habitat e Sopapo Poético no Jornal da Universidade

    Resenha dos livros Sopapo Poético, de Lilian Rose Marques da Rocha [et. al.] e Habitat, de Amaro Abreu no Jornal da Universidade (UFRGS) na edição de março de 2017.

Clique na imagem para ampliar

terça-feira, 14 de março de 2017

Chegou! 20 relatos insólitos de Porto Alegre

    Ele chegou! O livro 20 relatos insólitos de Porto Alegre, de Rafael Guimaraens, chegou hoje aqui na Libretos!

     E já preparamos os pacotes de envio de quem comprou na pré-venda e amanhã divulgaremos a lista das livrarias que já receberam o livro.

      O lançamento está marcado para o dia 21 de março (terça-feira), Às 19 horas, durante a 245ª Semana de Porto Alegre, no Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues (Av. Erico Verissimo 307), com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, através da Coordenação do Livro e Literatura.

      Na ocasião, Rafael Guimaraens e Ivette Brandalise conversam no palco do Teatro Renascença sobre o tema "A história de um escritor catador de histórias".


    Logo após, a partir das 20 horas, sessão de autógrafos no saguão do CMC.


sexta-feira, 10 de março de 2017

Rafael Guimaraens traz episódios inusitados da história de Porto Alegre

        O novo livro de Rafael Guimaraens reúne episódios inusitados ocorridos na capital gaúcha e seu lançamento  será no dia 21 de março durante a 245ª Semana de Porto Alegre.


      20 Relatos Insólitos de Porto Alegre (Libretos Editora), novo livro do jornalista e escritor Rafael Guimaraens, é resultado de uma pesquisa histórica de mais de uma década. O autor, que possui uma extensa obra dedicada à memória da cidade, selecionou vinte histórias que ocorreram na capital gaúcha entre o final do século 19 e início do 20.

       Rafael comenta que foi motivado pela possibilidade de exercitar uma narrativa mais curta, que fosse ágil, mas, ao mesmo tempo, que apresentasse os elementos da trama e os personagens de forma consistente para envolver o leitor e torná-lo cúmplice do que está sendo mostrado. “O que une estas histórias tão diferentes entre si é a estranheza que provocam. Também tive o cuidado de não estabelecer juízos morais sobre os comportamentos dos vários personagens, mesmo que ajam muitas vezes nas fronteiras da ética”, observa.

      As narrativas misturam drama, romance, tragédia, memória, jornalismo e teatro, envolvendo personagens reais e cenários, incluindo locais que hoje não existem mais. Um dos episódios narra a dor inapelável da viúva de Júlio de Castilhos. Honorina, apaixonada pelo marido, não suportando sua ausência depois de 20 anos de vida em comum, acaba por suicidar-se, com um fogareiro, na antiga residência da família, onde hoje funciona o Museu Júlio de Castilhos.

      O livro aborda também outras histórias, como o dramático caso de amor entre o compositor erudito José de Araújo Vianna e a cantora e pianista Olinta Braga; o surgimento da mística em torno da moça assassinada que virou santa popular (Maria Degolada); a maldição da negra Inácia, que acusada de feitiçaria doméstica acabou assassinada pelos patrões; a espetacular fuga da Ilha do Presídio a bordo de duas panelas e a apresentação da peça Roda Viva, de Chico Buarque, que afrontou o decoro da sociedade porto-alegrense.

       O livro estará nas livrarias a partir da segunda quinzena de março. E o lançamento está marcado para o dia 21 de março (terça-feira), Às 19 horas, durante a 245ª Semana de Porto Alegre, no Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues (Av. Erico Verissimo 307), com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, através da Coordenação do Livro e Literatura.


     Na ocasião, Rafael Guimaraens e Ivette Brandalise conversam no palco do Teatro Renascença sobre o tema "A história de um escritor catador de histórias". Logo após, a partir das 20 horas, sessão de autógrafos no saguão do CMC. 20 Relatos Insólitos de Porto Alegre já está em pré-venda no site da editora.

Sobre o autor:
      Rafael Guimaraens nasceu e sempre viveu em Porto Alegre, assim como seu avô, o poeta simbolista Eduardo Guimaraens, e seu pai, o jornalista Carlos Rafael Guimaraens, um dos principais cronistas de sua geração. Quando estudante de Comunicação, Rafael participou da luta pela redemocratização do país durante a Ditadura Militar, e logo engajou-se na Cooperativa dos Jornalistas de Porto Alegre, como repórter e secretário de redação do lendário Coojornal.

      É autor de 15 livros, com ênfase na construção da memória. Foi premiado pelos livros Tragédia da Rua da Praia (prêmio O Sul, Nacional e os Livros, 2006), A Enchente de 41 (Prêmio da Associação Gaúcha de Escritores, categoria Não-Ficção, 2008), Teatro de Arena – Palco de Resistência (Prêmio Açorianos, categoria Especial e Livro do Ano, 2009) e Coojornal – Um Jornal de Jornalistas sob o Regime Militar, como um dos organizadores (Prêmio Açorianos, categoria Especial, 2012).

     Integrou a Comissão da Verdade do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Porto Alegre, que investigou casos de repressão e censura durante o Regime Militar, e participa de movimentos em defesa dos Direitos Humanos, da preservação dos espaços públicos e da qualidade de vida.




20 Relatos Insólitos de Porto Alegre
Rafael Guimaraens
Libretos editora, 2017

216 páginas, R$34,00
ISBN: 978-85-5549-020-0